Tag: #BRANDING

25
Jun

#18 DAR ROSTO AO PRODUTO

Há produtos com marca, outros sem marca, confundidos num mundo a preto e branco e embalagens padronizadas. E quando a comunicação não vai muito além de um site, a distância entre quem compra e quem produz, torna-se ainda mais profunda. A tendência não é nova, mas está a demorar a fazer caminho na produção agrícola de larga escala. Quando compramos

Ler mais

17
Jan

#12 FAZER NASCER A MISS TATA: O PROCESSO CRIATIVO

Criar uma marca é como ter um filho. É acompanhá-lo diariamente, desejando que cresça forte e saudável. Feliz. Criar uma marca é sempre um desafio. Dar-lhe nome, forma, valores, personalidade e conteúdo. Dar-lhe um propósito. É um processo de intensa partilha, entre cliente e equipa de projeto, desde logo, na fase de briefing em que o desafio nos é lançado

Ler mais

31
Out

#11 ALIMENTAÇÃO DIGITAL, AGORA COM SABOR

Talvez tenha feito as pazes com esta Era Digital e lhe veja agora mais as virtudes do que os defeitos. Sei que o futuro continua a ser incerto, mas tenho a certeza de que o futuro das marcas através de estratégias digitais será cada vez mais vincado. Quem me conhece sabe que demorei a aderir às redes sociais. Tal era

Ler mais

10
Fev

#3 EM CENA: O AGROALIMENTAR

É urgente comunicar a agricultura. E comunicá-la bem. Colocá-la no lugar certo, na ordem do dia, pois também a consumimos dia-a-dia. “Quem não aparece, esquece”. Respeito muito os provérbios populares. Trazem consigo a sabedoria das gerações que os repetiram e que só pela sua verdade se eternizam. Não falamos de aparecer por aparecer. Falamos de comunicar estrategicamente produtores, empresas, produtos,

Ler mais

20
Jan

#2 CELEBRAR A COMIDA LOCAL

Consumo sustentável, próximo e ligado às origens dita cada vez mais as escolhas dos consumidores. Há um discreto festival a decorrer no Algarve que nos faz proferir nomes desconhecidos. Celebra a comida esquecida, aquela que os nossos avós e bisavós usavam para alimentar a família recorrendo à imaginação, tantas vezes forçada pela pobreza e pela escassez. Neste festival, que termina

Ler mais

3
Dez

#01 UMA AGÊNCIA PARA O AGROALIMENTAR

Não sabemos muito bem onde começa e onde acaba a nossa relação com a comida. Comer é um ato primário, imprescindível, necessário, mas alberga significados que vão além desta visão utilitária. A comida é memória, afeto, herança. É partilha. Durante muito tempo, comemos de forma desligada. Sem pensar no percurso dos alimentos até ao prato e sem considerar o impacto para o planeta, para

Ler mais

Top